Repasse de carros: Entenda como funciona e o que torna o preço dos veículos tão acessível

Repasse de carros: Entenda como funciona e o que torna o preço dos veículos tão acessível

Seja para aqueles que precisam de um veículo para o trabalho, ou aqueles que gostam de viajar, ter um carro próprio e totalmente quitado atualmente é o sonho de consumo de muitos brasileiros.

Contudo, mesmo sendo um bem material bastante popular, muitas pessoas ainda não conhecem as melhores opções para a compra de um carro, e, infelizmente acabam fechando um negócio que não permite oferecer boas condições financeiras.

Neste contexto, é interessante destacarmos o repasse de carros, prática esta que vem crescendo anualmente no Brasil e que já é considerada como uma tendência no mercado de compra e venda de automóveis.

Sendo assim, preparamos um conteúdo explicativo abordando os principais aspectos acerca do repasse de carros, bem como demonstrando como funciona a dinâmica deste mercado. Acompanhe!

O que são carros de repasse

Carros de repasse são veículos comercializados em um valor bem abaixo da tabela de mercado (FIPE), os quais são caracterizados por serem vendidos no estado em que se encontram, ou seja, sem garantias.

Mas o fato de não possuírem garantia não significa que são veículos em más condições e muito menos ilegais.

É verdade que os carros são repassados sem nenhum reparo realizado, mas qualquer avaria, quer seja apenas estética ou no funcionamento do carro, são informadas com total transparência aos possíveis compradores.

Inclusive, nem multas ou problemas de documentação passam despercebidos, pois todos os veículos passam por um processo minucioso de perícia cautelar.

Empresas sérias de repasse de carros prezam por um relacionamento honesto com seus clientes que são, em sua maioria, lojistas.

Por que são tão baratos?

Há dois fatores primordiais que tornam esses veículos tão baratos.

O primeiro é que as empresas de repasse visam fornecer carros para lojistas, donos de concessionárias de seminovos e usados e até mesmo revendedores de carro independentes, para isso vendem em quantidade, lucrando pouco em cada carro, mas vendendo muitos.

Em outras palavras, vendem no atacado.

O segundo fator, e não menos importante, é o modo como as empresas de repasse adquirem seus veículos. Comprando, na maioria das vezes, carros que são dados como entrada em concessionárias.

Como sabemos, quando damos um carro como entrada na compra de um novo, é comum que ele vá com um valor bem abaixo da FIPE.  A concessionária então vende esse carro à empresa de repasse, que o repassa à revendedores.

Muitas pessoas ao notarem o preço bem abaixo de um veículo repassado tendem a pensar que este carro pode ser fruto de atividades ilícitas (roubo de cargas, sonegação de impostos, furto de peças etc.). Porém, esta conclusão é totalmente equivocada.

O mercado de repasse de carros trabalha de forma totalmente legalizada e possui total procedência.

Vantagens em comprar carros de repasse

Sem dúvida a principal vantagem é a possibilidade de comprar um carro bem abaixo do valor de mercado. Desta forma, não é raro encontrar automóveis repassados custando a metade do preço caso o mesmo modelo fosse comprado em uma concessionária.

Além disso, para as pessoas que já trabalham no ramo e conseguem por conta própria reparar eventuais avarias nos veículos, essa vantagem do preço acessível é potencializada, já que não haverá gasto financeiro com mão-de-obra especializada para executar eventuais serviço.

Outra vantagem e que merece destaque é a oportunidade de negócio proporcionada. Exemplificando, você pode adquirir um carro de repasse que tenha um valor de R$ 70.000 na FIPE por R$ 40.000, investir R$ 4.000 – se precisar – em eventuais reparos e o comercializá-lo por R$ 60.000, obtendo assim uma margem de lucro extremamente vantajosa.

É seguro?

Por mais que não hajam garantias sobre o veículo, é comum encontrar vendedores que forneçam algumas informações importantes sobre o carro. Por isso, para aumentar a segurança na compra de um carro de repasse é fundamental procurar fechar negócio com empresas honestas, as quais tenham boa reputação no mercado.

Vendedores e empresas de repasse com procedência sempre lhe deixarão a par do estado completo do veículo negociado.

Em vista disso, é seguro sim comprar veículos de repasse, desde que a relação vendedor/comprador seja a mais transparente possível, permitindo assim que os dois lados fechem bons negócios.

Origem dos veículos

Como foi dito anteriormente, ao vender um veículo zero quilômetro uma concessionária pode oferecer algumas alternativas de pagamento, sendo uma delas envolver o carro usado do cliente no negócio, reduzindo então o preço do veículo novo.

Nesta ocasião, caso a concessionária julgue (parâmetros os quais cada empresa tem os seus) ser vantajoso financeiramente, o carro usado do cliente pode passar por uma revisão detalhada e ficar disponível posteriormente para a revenda, com garantias e qualidade assegurada.

Entretanto, já nas situações onde a empresa avalia que o carro comprado do cliente não é vantajoso para a concessionária (pois muitas vezes a concessionária só trabalha com carros novos), é comum haver o repasse do veículo para outros lojistas e empresas do ramo. É neste contexto que surgem os carros repassados.

Pessoas físicas também podem comprar carros de repasse?

Como dito anteriormente, empresas de repasse lucram na quantidade, vendendo diretamente para lojistas e revendedores em geral, que compram constantemente.

Mas apesar desse mercado ser voltado para atender revendedores, é comum que empresas de repasse também comercializem veículos com pessoas físicas sem impedimento algum.

Quero comprar um carro de repasse, como faço?

Ao entrar no site da Comprecar você já encontrará uma diversa gama de veículos que disponibilizamos para o repasse, basta escolher o que mais lhe chamou a atenção e entrar em contato com nossa equipe pelo Whatsapp clicando no botão “comprar”.

Na sequência, após fechar o negócio, e, receber o pagamento a vista (utilizando transferência bancária ou depósito), a Comprecar envia o veículo até você por meio transportadoras credenciadas, e em poucos dias o veículo já estará em mãos.

Cabe ressaltar que todos os veículos em nosso site passam por uma criteriosa avaliação antes do repasse, a qual considera tanto a mecânica do veículo, quanto a procedência legal de sua documentação.

Além disso, a Comprecar não trabalha com carros sinistrados, leiloados ou batidos. Isto é, apenas os carros que preencheram os adequados critérios de avaliação são comercializados, o que eleva ainda mais a transparência do negócio e a credibilidade dos serviços prestados.

Portanto, agora que você já sabe o que é repasse de carros, fica mais claro de enxergar todas as vantagens e o excelente custo benefício que esse setor pode proporcionar. Vale frisar ainda a relevância em procurar por uma empresa séria e com boa reputação no mercado, evitando assim futuros transtornos e compras com valores inflacionados.

Ficou interessado no repasse de carros? Entre em contato conosco e conheça toda a linha de automóveis que disponibilizamos para os clientes.

Veículos 40% abaixo da FIPE
Veículos 40% abaixo da FIPE

Compartilhe

Deixe um comentário